quinta-feira, 20 de abril de 2017

Labor de revolução

Resultado de imagem para coquetel molotov



Quero todos Janeiros possíveis,
para toda possibilidade de organização
mesmo que o tempo mude,
que o mundo desintegra
e se refaça em mesma formação.

A todo vapor, acesa a chama
incessante, incansável, incólume
e lume contempla palavra, ação, desígnio
quero todos janeiros possíveis
para não querer mais nada.

É sempre tempo do necessário,
toda hora é momento de conspiração
versa o poema pelo avesso da história
e para jamais se tirar da memória
o labor indispensável de revolução.

Coffee

Nenhum comentário:

Postar um comentário