terça-feira, 14 de junho de 2016

A cegueira da solidão

http://fer1972.tumblr.com/post/99586699964/todays-classic-roland-topor-1938-1997

A linha procura o sofrer
ora, cá estou a desenha-lá
do texto, não sobrará alegria
nenhum motivo para encontrá-la

Não me movem as circunstâncias,
de pensar a solidão como andança
no mito do romantismo,
solidão é dor e pragmatismo

Cá estou traçando o rumo certo das palavras,
pra dizer que o ser só, só é e será, melancolia
pois não há possibilidade no meu se
enxergar solitude em outra alegoria

Solidão, tristeza?
quem não conhece a si profundamente?
não mente quem diz
que estar só é um trisco de liberdade,
com um traço de ser feliz

André Café

Nenhum comentário:

Postar um comentário